Palavras que intrigam

Há quem colecione madressilvas secas, rótulos de cachaça baiana, embalagens de esmalte de unha e até máquinas de lavar antigas. Eu coleciono palavras; acho que elas ocupam menos espaço e são mais fáceis de se conseguir. Aprecio o cheiro,o gosto, a forma e a personalidade delas. Algumas nutrem em mim uma certa implicância; outras me pregam peças. Com você também é assim? Olha só algumas das minhas preferidas. 

Humilde: “Eu sou muito humilde” é um dos maiores paradoxos que alguém pode pronunciar. Não consigo encontrar uma única justificativa para alguém com a sua auto-estima em plena forma ser humilde. Submissão é uma daquelas manias antigas que hoje sabemos não serem saudáveis (surrar crianças travessas com vara de marmelo é outra). A palavra vem do latim humilitas, que quer dizer baixeza, coisa apegada ao chão. Como isso pode ser uma virtude?

É claro que não estou defendendo aquelas pessoas que estão sempre cheias de razão. Mas quando alguém ouve o outro com atenção e reconhece que está errado, posso garantir que nada tem a ver com humildade. Mudar de idéia e pedir desculpas é sinal de inteligência, pois quem acha que está sempre certo não aprende. Aos donos da verdade não falta humildade; sobra ignorância. Desconfio que as pessoas que pregam muito a humildade têm um orgulho secreto por serem mais humildes que as outras. No fundo, acho que não existe gente humilde, existe gente mais discreta…

 

Simples: Gente, vamos pensar juntos: não há ser humano simples, você é que não conhece o seu João direito. Pessoas são complexas por definição, o consultórios dos analistas podem atestar por escrito. Não fosse assim, a gente não brigava e nem sofria tanto, não é? O fulano pode ser acessível, simpático, meigo, querido, fofo, tolinho, sem noção, pobre, mas simples, de jeito nenhum.

 

Cortesã: Se o homem cortesão é aquele que habita o palácio, que é fino, polido, educado e elegante, dado a cortesias e gentilezas, por que a mulher cortesã é uma prostituta? Não consigo entender…

 

Esquisito: Em várias línguas, incluindo o português, essa palavra significa raro, delicioso, incomum, excelente, primoroso. Por algum motivo, o sentido aqui foi modificado e agora os dicionários registram o paradoxo. Então, além disso tudo, esquisito também quer dizer mal vestido, feio, excêntrico, impertinente. Como é que pode?

  

Puteal: Se alguém mandar você ao puteal, não se sinta ofendido. A despeito de tudo o que passou pela sua cabeça, puteal é o nome que se dá àquele muro que fica em volta de um poço para evitar que cachorros, galinhas, crianças e distraídos caiam lá dentro (às vezes tem um telhadinho). Não acredita? Pode olhar no dicionário!

 

Borborigmo: A primeira vez que li essa palavra, foi atração instantânea, daquelas fortes. Você conhece outra expressão mais cheia de ritmo, provocante e rebolativa? Não sei quem inventou o termo, mas ele me parece completamente adequado para aqueles barulhos estranhos que a nossa barriga faz de vez em quando. Parece que os seus órgãos internos estão respondendo a algum tipo de interrogatório alienígena em um antigo dialeto norueguês, mas é só um borborigmo mesmo.

 

Busílis: Tem alguma coisa pegando na resolução de um problema difícil? Da próxima vez, diga ao seu chefe que você não está conseguindo atacar o busílis! Caso o impaciente do seu chefe não saiba, busílis significa justamente a dificuldade principal na resolução de um problema.  

 

Calipígia: Quer ser elegante, se destacar das massas? Em vez dos adjetivos comuns e manjados que o povo usa para descrever a mulher melancia e suas colegas de pomar, prefira calipígia. É muito mais chique, os antigos já usavam para elogiar a bundinha de Vênus.

 

Fósmea: É uma idéia confusa, indefinível, disparatada. Você pode falar para o seu colega que ele hoje está excessivamente fósmeo. Muito mais elegante do que lesado, concorda?

 

Pois é, pessoas, se vocês quiserem contribuir para a minha coleção, fiquem à vontade. E com isso encerro essa coluna hebdomadária…

 

Lígia Fascioni | www.ligiafascioni.com.br

Anúncios

4 Respostas to “Palavras que intrigam”

  1. Tereza Jardim Says:

    ahhh! me fazes querer retomar imediatamente um hábito que tive por muito tempo… todos os dias eu abria o dicionário aleatoriamente e procurava uma palavra bonita que desconhecesse. como a minha memória é fraca, com a falta de uso ficou tudo preso no arquivo morto…

    prometo que agora vou anotar TODAS!

  2. Thiago Valenti Says:

    A simplicidade é complexa mesmo Lígia.

    Aliás, comprei um livro sobre isso, de um pesquisador da área (que é designer). O livro chama-se As Leis da Simplicidade. Mas não são aquelas leis dos tipinhos de livros de adm. ou marketing, são mais idéias sobre o que pode-se fazer pra simplificar tarefas em geral (desde otimizar tempo, até se organizar decentemente). É muito interessante.

    Ah, a 10ª lei é que certas coisas nunca serão simples. Os humanos possivelmente se encaixam nessa lei mesmo…
    =]

  3. felipe klerk Says:

    Palavras são uma bençam e também uma maldição heheh.

    Apesar de adoro a palavra falácia, é muito bom levar da cadeira e gritar apontando para o computador “ISTO É UMA FALÁCIA”, depois de ver uma postagem de um micreiro falando que é desgin, ou de alguma noticía relacionado a política.

    Agora quando estou com vontade de me exibir, eu sempre uso “Eu sou hermético”. Huuehueh depois tem que ficar explicando que hermético é o cara que fica lendo livro que nem um loco, mais conhecidos como Nerds (Pois se escondem em suas casas estudando e estudando e normalmente não se relaciona muito).

    Enfim, palavras palavras e mais palavras.

    Klerk

  4. Erasmo Rizzuto Says:

    Uma sugestão de neologismo:

    LÍGIA – uma figura que, se não existisse, merecia ser inventada!

    BJKS do seu fã!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: