Direto de Susques

Hoje estamos em Susques, a 3.700 m de altitude. A subida foi bem tranquila (de manha quase nao tem vento) e a Falcon teve um comportamente exemplar. Nao senti nenhuma diferenca, mesmo quando atingimos 4.200 m – nas retas longas ela chegava a 110 km/h sem nenhum esforco). O consumo de combustível continua igual e a gente também nao estah sentindo os efeitos da altitude (paramos num posto onde havia algumas pessoas passando mal).

Encontramos vários “expedicionários” brasileiros no caminho (interessante que a gente só tem cruzado com essas expedicoes de jipeiros off-road no asfalto – hoje eu contei 18 veículos – no dia em que rodamos em estradas de terra, nao encontramos nenhunzinho…).

Hoje fizemos um trecho que já havíamos passado de carro há uns dias. Nossa, a diferenca é dramática! É como ver o cenário pela TV (carro) e ao vivo (moto). Só de moto é possível sentir as reais proporcoes das montanhas, das altitudes, do vento e da natureza.

Vamos ficar o resto do dia de bobeira (afinal, é férias – queremos moleza mesmo) para partir amanha bem cedo e fazer os outros 300 km que nos separam de San Pedro de Atacama (ainda vamos subir mais 1.000 m e depois descer até 2.300 m).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: