Ainda sobre o acidente…

Acabei de ouvir o Presidente da Infraero dizer que as ranhuras na pista não fizeram falta nenhuma no caso do acidente (Ah é? Então por que não economizam dinheiro e deixam sem ranhuras para sempre?). O Presidente da TAM afirma que o avião tinha plenas condições técnicas de voar. O Ministro da Fazenda diz que todos os investimentos necessários foram feitos e que o governo não tem nada com isso. O Assessor Especial da Presidência comemorou a possibilidade de uma falha mecânica com um gesto obsceno, tirando o seu da reta. O Ministro da Defesa se limitou a reclamar do salário. Pois é. Parece mesmo que foi obra do Divino Espírito Santo ou da Al Qaeda. Nenhum dos envolvidos tem qualquer responsabilidade sobre o caso, cada um consegue dormir o sono dos justos em seus travesseiros de penas.

Começaram as investigações e, a julgar pelo comportamento dos supra-citados, pelo jeito, só é possível chegar a duas conclusões: ou a culpa é do piloto (que está morto e não pode se defender), ou da imprensa, é claro, essa entidade anti-democrática e preconceituosa e insiste em dar notícias de corrupção e acidentes em um país tão maravilhoso como o nosso.

Anúncios

2 Respostas to “Ainda sobre o acidente…”

  1. Cristiane Says:

    Você é quem pagará a conta dessa guerra política se der apoio à oposição e ela tiver êxito. Não será Lula nem o PT que passarão pelas piores dificuldades. O máximo que acontecerá com eles será voltarem para a oposição. Mas quem ficará exposto aos efeitos de uma eventual crise econômica advinda da guerra política sem limites, seremos nós, a sociedade. Assim, em seu próprio interesse exija da oposição e da mídia que exerçam seu papel fiscalizador com seriedade e pensando no interesse de todos e não só em seu próprios interesses políticos. Você deve isso a você mesmo e aos seus, bem como ao seu país.

  2. ligiafascioni Says:

    Engraçado… quando o PT era oposição as pessoas não se preocupavam com a “guerra política sem limites”. Penso que o papel da imprensa é fazer o que sempre fez: fiscalizar os governantes e divulgar todas as informações que forem de interesse dos cidadãos conhecer. Quando a imprensa (e o PT) atacavam o FHC (com muita razão) me parece que as pessoas não se preocupavam tanto assim com o “preço que a sociedade irá pagar”. Se a gente deixar os governantes fazerem o que querem desprezando o interesse comum, a justiça e a ética, aí sim é que vamos pagar muuito caro (já estamos pagando: nada menos que 40% do nosso PIB!).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: